19. janeiro 2021

Arquivos Destaques - Bessa News

15 de janeiro de 2021
espaco.jpeg

6min35

A implementação de 23 unidades do Espaço 4.0 foi firmada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) em 2020. Quatro dessas unidades serão em João Pessoa. Com investimento de R$ 6,9 milhões, o Governo Federal vai levar o projeto para 10 estados brasileiros. Os municípios que recebem as unidades são equipados com tecnologia de última geração para a capacitação de jovens em vulnerabilidade social.

As unidades serão efetivadas em Alagoas, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins. Os espaços poderão atender 6,5 mil jovens por ano com cursos de curta duração, isto é, com cronograma de 20 a 40 horas. Todos os jovens são previamente selecionados e recebem certificado após a conclusão da carga horária.

Nos espaços podem ser ofertados cursos de desenho 2D, desenho e impressão 3D, introdução à programação web, desenvolvimento de aplicativos, montagem e manutenção de computadores e análise e interpretação de esquemas elétricos de notebook, por exemplo. Além disso, os jovens podem ser capacitados em instalação e configuração de redes de computadores, eletrônica básica e robótica educacional.

O projeto é desenvolvido por meio da Secretaria Nacional da Juventude (SNJ), que integra a estrutura do MMFDH. Para a titular da Pasta, Emilly Coelho, a iniciativa mostra a preocupação da gestão com o futuro dos jovens, já que muitos vão trabalhar com profissões que ainda não existem. “Esse é o nosso trabalho chegando na ponta para qualificar os jovens para o mercado que irão entrar nos próximos anos”, afirma.

De acordo com ela, os cursos foram definidos com base em material prático e pensados para serem rápidos, promovendo rotatividade no atendimento à juventude brasileira. “Assim, os jovens terão acesso ao conhecimento tecnológico e vivenciarão experiências que facilitem sua inserção no mercado”, ressalta.

O programa da SNJ leva em consideração os desafios e oportunidades da Agenda 4.0 por meio da capacitação profissional, acesso ao conhecimento e desenvolvimento de habilidades que sejam capazes de aumentar a empregabilidade dos jovens no atual mercado de trabalho. Os recursos para implementação dos espaços são aplicados por meio alocação de emendas parlamentares.

 

No Espaço 4.0 jovens serão capacitados com foco para o mercado de trabalho (Foto: Imagem ilustrativa/MMFDH)

 

Unidades
O estado de Santa Catarina foi contemplado com seis unidades, sendo que duas serão entregues no município de Itapema, uma em Garuva, uma em Guaramirim, uma em Lages e uma em São Miguel D’Oeste. Outros quatro espaços serão montados em João Pessoa (PB).

O Rio Grande do Sul vai contar com três unidades, uma em Cachoeira do Sul, uma em Esteio e uma em Lajeado. Já os municípios de Boca da Mata (AL), Belford Roxo (RJ), Arujá (SP), Boquim (SE) e Palmas (TO) também terão uma unidade em cada cidade.

Além disso, serão implementadas duas unidades em campi do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), um no campus de Luziânia do Instituto Federal de Goiás (IFG), uma no campus de Betim do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) e uma na Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Além dos recursos do Governo Federal, as unidades contam com o investimento de contrapartida de estados e municípios. Cerca R$ 162 mil serão destinados por essas unidades da federação para os espaços conforme convênios celebrados com a secretaria. As unidades implementadas em institutos e universidades são montadas por meio de Termos de Execução Descentralizada (TEDs) e não possuem contrapartida.

Com os recursos repassados pelo Governo Federal, cada localidade ou instituição segue um cronograma de entrega previsto em plano de trabalho específico dos convênios e TEDs formalizados.

O Espaço
A estrutura dos Espaço 4.0 tem formato de contêiner. A ideia surgiu para que a população e o Governo Federal apostem na economia, rapidez, sustentabilidade, qualidade, inovação e versatilidade.

O Espaço é equipado com modernos recursos tecnológicos, como computadores de última geração, impressoras 3D e máquinas de corte a laser.

A proposta também é permitir a oferta de cursos, oficinas e atividades que promovam a capacitação profissional, a inclusão digital e o desenvolvimento de habilidades específicas.

 

Potal Correio


15 de dezembro de 2020
dema-macedo.jpeg

2min76

Um trabalho de conscientização e cuidado com a natureza. É assim que o presidente do Comitê Parque Parahyba, Dema Macedo, define a promessa e o compromisso e plantar mil árvores em João Pessoa, como forma de agradecimento pelos votos obtidos durante a última campanha eleitoral. Dema obteve quase mil votos e não conseguiu uma vaga na Câmara dos Vereadores de João Pessoa.

 

Nesta semana, ele participou do plantio de mais 20 árvores e explicou o que motivou a iniciativa:

 

“Ainda como pré-candidato, decidi fazer uma campanha de olho no meio ambiente, de maneira sustentável. Um exemplo foi que o tempo inteiro mantivemos os cuidados de distanciamento social, com campanha nas redes sociais, seguindo as recomendações das autoridades de saúde. Começamos plantando árvores e terminamos da mesma forma. Assumi esse compromisso de plantar mil árvores em parques e áreas públicas de João Pessoa”, falou.

 

De acordo com Dema, algumas dessas mudas serão doadas a pessoas para que elas plantem em diversos locais, seguindo orientações dos órgãos responsáveis sobre o tipo de árvore indicada para cada local. Em torno de 500 mudas ao todo devem ser plantadas nos bairros do Bessa, Aeroclube e Jardim Oceania.

 

“Fizemos uma campanha limpa, de olho no cuidado com o meio ambiente. Tivem0os uma votação expressiva pincipalmente dentro do bairro do Bessa e é preciso manter esse compromisso. Um trabalho que já é feito dentro da comunidade. Só assim, com engajamento de todos, podemos conseguir qualidade de vida”, acrescentou.

 


30 de novembro de 2020
WhatsApp-Image-2020-11-30-at-10.00.57.jpeg

1min134

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, entrega às 18h desta segunda-feira (30) na Rua Temístocles da Costa, no bairro Jardim Oceania, a nova Praça Desembargador Osias Nacre Gomes, chegando à marca de 66 equipamentos públicos de lazer entregues na Capital paraibana desde 2013.

 

A nova Praça é repleta de diferenciais como 2 quadras de areia para beach tênis e vôlei, playground acessível, quadra poliesportiva com arquibancada e uma fonte interativa que encantará todas as gerações. O investimento foi de mais de R$ 1,7 milhão para a construção do novo equipamento que conta também com iluminação em LED, rampas acessíveis e piso tátil.


27 de novembro de 2020
praia-do-bessa.jpg

1min168

Uma leitora do BessaNews nos enviou nesta sexta (27) um vídeo demonstrando sua indignação quanto a dificuldade de acesso em uma região da praia do Bessa.

A quantidade de pedras espalhadas pelo local, é visivelmente possível identificar o perigo oferecido para aqueles que buscam acessar a praia e usufruir de seu direito de cidadão.

Em contato com o presidente do Conselho de Segurança do Bessa (CONSEG BESSA), Dema Macedo, ele nos posicionou que uma denúncia no MP será protocolada a fim de solucionar essa situação.

“Temos vistos alguns descasos em vários setores no que tange o turismo na região do Bessa. Isso é lamentável pois se trata de uma das praias mais belas do Brasil. O cidadão tem todo direito e o dever de exigir do poder público uma solução imediata”, disse Dema.

Nossa equipe estará acompanhando o caso e atualizando notícias sobre estas e outras condições.

 

 

Se você também quer fazer sua denúncia, envie-nos email para [email protected]


20 de novembro de 2020
centro-administrativo-JP-ascom.jpg

2min146

Em cumprimento a acordo judicial, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) publica, na manhã desta sexta-feira (20), novo decreto suspendendo, em toda a Capital, as aulas nas instituições de ensino superior, escolas de ensino médio e cursos livres, a partir da próxima quarta-feira (25). A medida, fruto do acordo firmado junto ao Ministério Público Federal (MPF) em audiência de conciliação, revoga o decreto n° 9.585, de outubro deste ano, que autorizava o retorno às aulas presenciais dentro do Plano Estratégico de Flexibilização em virtude da pandemia do novo coronavírus.

 

O pedido de suspensão das atividades foi feito pelo MPF e Ministério Público do Trabalho (MPF). A decisão do acordo considerou as informações prestadas pelos representantes das secretarias de Saúde Estadual e Municipal de João Pessoa e do Conselho Regional de Medicina (CRM), que constataram uma alta no número de casos de covid-19 na última semana epidemiológica. As atividades educacionais envolvendo concentração de alunos em ambiente fechado têm alto risco de propagação do coronavírus, e são consideradas como um dos fatores causadores das novas ondas de disseminação da doença em outros países.


17 de novembro de 2020
WhatsApp-Image-2020-03-12-at-15.03.12.jpeg

1min141

Um funcionário da Emlur foi vítima de agressão nesta terça-feira, 17, no Parque Parahyba II no bairro do Bessa. De acordo com o rapaz que foi agredido, ele estava trabalhando na limpeza do parque quando um veículo na cor preta parou ao lado e uma pessoa que estava dentro do carro o chamou.

 

Ao se aproximar, ele foi esfaqueado do lado do peito. Logo em seguida, a vítima foi encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde passou por atendimentos médicos de emergência e o estado de saúde é estável.

 

O caso foi repassado para a Polícia Civil realizar a investigação e ir em busca do suspeito de cometer o crime.


16 de novembro de 2020
black-friday.jpg

5min109

O pessoense que pretende aproveitar os descontos durante a Black Friday, mega promoção que ocorre em todo Brasil no final de novembro, deve ficar atento às promoções anunciadas em estabelecimentos comerciais físicos e virtuais e verificar se o desconto é real. Este ano, a Black Friday será realizada no dia 27 de novembro, mas algumas lojas já estão anunciando os descontos. Para deixar o consumidor mais atento, a Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor orienta para uma compra segura.

 

 

O Procon-JP alerta principalmente para as compras realizadas nos dias que antecedem a data oficial da Black Friday, momento em que mais ocorre a chamada ‘maquiagem’ nos preços, já que existe a possibilidade dos produtos terem tido o valor aumentado algumas semanas antes da promoção anual e, nos dias que antecedem a mega promoção, voltarem ao valor anterior ou terem um desconto irrisório, mas dando a impressão de que existe uma redução muito maior nos preços.

A Black Friday é uma ação de consumo planejada para ‘esquentar’ as vendas no comércio em todo o mundo e que vem crescendo a cada ano. A mega operação traz realmente grandes descontos, mas, também é passível de irregularidades e pode ocorrer o desvirtuamento do objetivo do evento comercial para se ganhar mais do que o previsto em cima da ‘boa fé’ do consumidor.

Necessidade – Um detalhe importante é que o consumidor não compre no ímpeto de apenas aproveitar um grande desconto em um produto que não precisa ou não deseja somente para aproveitar um preço baixo. Como é uma promoção programada, é importante que a pessoa se planeje para comprar algo de que está realmente precisando e que normalmente não caberia em seu orçamento mensal.

Sites – As transações durante a Black Friday também dão um ‘boom’ nos sites de compras e por isso o Procon-JP alerta para as compras através da internet. O consumidor deve dar preferência a sites com boa reputação no mercado e que já tenha usado antes ou foi indicado por alguém de confiança. Também se deve desconfiar de ofertas muito abaixo do padrão de mercado e novamente ficar atento para a maquiagem nos preços. Não se deve esquecer que produtos com descontos muitos grandes podem estar maquiados.

O consumidor deve sempre conferir se a empresa existe de fato e de direito (CNPJ, endereço e telefone de contato), e entrar logo em contato com os órgãos de defesa do consumidor em caso de dúvida ou se identificar algum problema durante a transação. Em caso de dúvida o consumidor deve ligar para o Procon-JP no 0800-083-2015 ou no 3218-5720 para agendar atendimento na sede da avenida Pedro I, 473, Tambiá. O site proconjp.pb.gov.br também disponibiliza a lista de lojas virtuais não confiáveis.

Dicas para compra segura pela internet:

  • Preferir sites com boa reputação no mercado;
  • Desconfiar de ofertas muito abaixo do padrão de mercado;
  • Verificar se o endereço eletrônico indicado na barra é o mesmo informado no site;
  • Verificar a adoção de sistemas de segurança (cadeado ativo no canto direito da tela) principalmente quando fornecer dados pessoais;
  • Desconfiar de formas de pagamento incomuns como depósito em conta de pessoas físicas;
  • Conferir se a empresa existe de fato e de direito (CNPJ, endereço e telefone de contato);
  • Evitar compras através das redes sociais, preferindo sites de compras;
  • Entrar imediatamente em contato com os órgãos de defesa do consumidor em caso de dúvida ou se identificar algo suspeito durante a transação.

Secom JP


16 de novembro de 2020
ifpb.jpg

7min99

No último sábado, logo cedo, quando muitos paraibanos ainda estavam dormindo, uma boa notícia chegava da China, dando conta de que a equipe de alunos do IFPB sagrou-se campeã mundial da Huawei ICT Competition na trilha de Cloud Computing.

 

 

A equipe é composta por Weslley Santos e Mariana Barros alunos do bacharelado em Engenharia Elétrica do Campus João Pessoa (IFPB) e por Edson Luiz, egresso do Curso Superior de Redes de Computadores, atualmente mestrando em Tecnologia da Informação do Campus João Pessoa, e que atuou em projetos no Polo de Inovação desde 2018.

A competição incluiu as tecnologias mais recentes, como computação em nuvem, Inteligência Artificial e Big Data que são pertinentes para a competitividade dos alunos no mercado de trabalho. A equipe chegou à final mundial após vencer a etapa nacional e a latino-americana.

Os vencedores fazem parte de um trabalho sério e competente que vem sendo desenvolvido pelo Polo de Inovação do IFPB e seus laboratórios credenciados.

Tal proposta já possibilitou a capacitação de centenas de estudantes da instituição em parcerias com empresas como a Huawei. O professor Michel Coura Dias é o tutor dos estudantes na competição.

O reitor do IFPB, professor Nicácio Lopes, ao receber a notícia enalteceu o entusiasmo dos estudantes durante todo o certame e o trabalho de mentoreamento dos professores envolvidos na capacitação dos estudantes que atuam, em especial, neste projeto e em outras pesquisas desenvolvidas no Polo de Inovação do IFPB.

“Não há maior satisfação para um reitor do que receber boas notícias de seus estudantes e professores”, disse Nicácio ao afirmar que essa conquista, em particular, é um testemunho para o mundo de que o IFPB investe na capacitação e na competência digital dos seus estudantes, buscando torná-los produtores de conhecimento e inovação.

Sendo sua primeira participação na fase mundial da ICT Competition, a equipe
brasileira deixou para trás times de países com bastante tradição em tecnologia da informação e comunicação, dentre eles Reino Unido, Rússia e Peru, sendo este último o campeão mundial do ano passado.

“Foi fruto de muito esforço e dedicação dos estudantes. Nos cerca de 30 dias,
entre a final latino-americana e a final mundial, fizemos um programa de estudo
que envolveu a resolução de centenas de exercícios”, informou o professor Michel Coura Dias. Ele acrescentou que foram inúmeras práticas de laboratórios, cursos complementares e vários simulados com condições idênticas ao real. “Certamente fez a diferença”, completou o professor Michel Coura Dias.

“A cada etapa eram novos desafios, equipes mais fortes e provas mais difíceis. Ter chegado até a fase mundial e conquistado o primeiro lugar, nos mostra que todo esforço é recompensado.”, comentou Mariana. Ela conta que começou a estudar Cloud para as competições da Huawei, no ano passado, e confiou na empolgação do professor Michel e dos colegas que já tinham participado da disputa em 2019 quando foram campeões nacionais.

“Como mulher, quero afirmar que todas nós somos capazes de coisas incríveis e que mesmo em meio à tantas diferenças, desistir jamais deverá ser uma opção.”, frisou Mariana.

“É uma alegria única ser campeão mundial. Avançar em cada etapa e poder demonstrar nossas habilidades para todo o mundo foi uma experiência realmente motivadora. Pudemos colocar a Paraíba no topo e mostrar que a nossa região também é muito forte. Gostaria de agradecer a cada professor que tomou de seu tempo para ajudar, seja com material para estudo ou palavras motivadoras, todos eles fizeram a diferença no nosso resultado.”, afirma Weslley.

De acordo com o professor orientador Michel Coura Dias outros docentes, também, participam do Projeto de Capacitação que o IFPB desenvolve em parceria com a Huawei para fomentar novos talentos na área de TICs.

“Participam também os professores Mateus Lima, coordenador do projeto, Moacy Pereira e Marcelo Portela”, lembrou. Estas parcerias além de capacitar nossos alunos em tecnologias de ponta do mercado fomentam todo o ecossistema de inovação da instituição.

O laboratório Assert, credenciado ao Polo de Inovação, já capacitou mais de 500 alunos utilizando recursos de projetos de inovação em parceria com empresas nas mais diversas áreas tais como Telecomunicações, Indústria 4.0, Redes de Computadores e Engenharia Biomédica. Além disso, o programa de formação de RH do Polo tem acompanhado por meio de tutoria os estudantes envolvidos nos projetos.

A parceria da Huawei tem sido fundamental para fomentar novos talentos em TICs no IFPB. Atualmente há uma Huawei ICT Academy em funcionamento e está sendo ofertado um curso FIC em HCIA Routing & Switching de maneira gratuita a comunidade interna e externa ao IFPB.

Quem viver verá em futuro próximo novas conquistas do Instituto Federal da Paraíba. A depender do trabalho inovador do Polo de Inovação, da criatividade dos professores, do entusiasmo dos estudantes do IFPB e da estratégia da Huawei na capacitação de novos talentos em TIC.

PB Agora


3 de novembro de 2020
henry-freitas-show-na-praia.jpg

4min98

O cantor Henry Freitas reuniu uma plateia de dezenas de pessoas em um show improvisado na praia do Bessa, em João Pessoa, na tarde e noite da segunda-feira (2). Nas imagens da apresentação, é possível ver as pessoas se aglomerando ao redor do cantor, sem máscaras, contrariando as recomendações de segurança contra à Covid-19 e desrespeitando os decretos da Prefeitura de João Pessoa.

“Do nada apareci na praia em João Pessoa com meu irmão @nathanreuel e olha como fui recebido”, diz o artista na postagem em que mostra ele cantando com as pessoas sem máscaras.

Também na mesma rede social, o artista postou um vídeo onde contou como o show aconteceu. “Do nada a gente saiu para comer um peixe, chegou um amigo nosso que estava com uma caixinha, pegamos o microfone do Fullano mesmo, que o pessoal emprestou para a gente. Começou a gente cantando na mesa, sonzinho baixo, de repente começou a se juntar muitas pessoas e a gente fez meio que um show ali, com toda segurança. Os seguranças estavam lá e não aconteceu nada com ninguém”, contou o cantor.

O show contraria os decretos mais recentes publicados pela prefeitura. O acesso às praias foi liberado, entretanto, o artigo da liberação explica que deve-se manter o distanciamento mínimo entre pessoas de 1,5 m. Além de manter o distanciamento mínimo, também foi incluído um artigo que diz que permanece obrigatório, em todo o município de João Pessoa, o uso de máscaras, sendo compulsório o uso na orla ou na faixa de areia, somente sendo permitida a retirada para alimentação e momento de banho.

“As praias estão liberas (sic) já fazem um tempo. Isso foi totalmente espontâneo e rápido. Infelizmente não estamos podendo trabalhar ainda, mais tudo foi feito com o maior cuidado do mundo”, disse o cantor em resposta a uma fã que questionou a aglomeração.

O Procon municipal de João Pessoa (Procon-JP) informou que até as 10h30 desta terça-feira (3), não havia recebido denúncias sobre o evento, mas que ia investigar.