10. julho 2020

Arquivos Urbano - Bessa News

9 de julho de 2020
falta-agua-joao-pessoa.jpg

1min43

A expectativa é que o abastecimento seja restabelecido a partir das 18h. Contudo, alguns locais podem registrar intermitência no serviço ainda na sexta-feira, 10.

 

 

Além do Bessa, os seguintes bairros serão atingidos: Valentina, Mangabeira (I a VIII), Bancários, Castelo Branco, Altiplano, Cristo, Rangel, Geisel, José Américo, Funcionários, Costa e Silva, Ernani Sátiro, Distrito Industrial, Bairro das Indústrias, Colinas do Sul, Cidade Verde, Grotão, Benjamim Maranhão, Miramar, Jardim Luna, Brisamar. Bairro dos Estados, João Agripino, Tambaú, Manaíra e Cabo Branco. Alguns bairros do Conde e Cabedelo também serão afetados.

 

Outras informações podem ser obtidas através do telefone 115, da Cagepa.


7 de julho de 2020
tapaburaco_joaopessoa.jpg

2min48

Equipes da Secretarias de Infraestrutura (Seinfra) de João Pessoa estão executando nesta terça-feira (7) serviços de manutenção e recuperação da pavimentação asfáltica em ruas de cinco bairros da Capital paraibana, garantindo vias mais seguras para motoristas e pedestres.

 

 

Os bairros contemplados com a Operação Tapa-buraco hoje são Jardim Oceania, Cruz das Armas, Bessa, Paratibe e Oitizeiro.

 

Entre as vias contempladas estão as avenidas Fernando Luiz Henrique dos Santos (Jardim Oceania) e Cruz das Armas (Cruz das Armas) e as ruas Vicente Lelpo (Bessa), Benjamim Lira (Cruz das Armas), Iraci Félix Cordeiro (Paratibe) e Plácido de Castro (Oitizeiro).

 

Esses serviços, que são realizados diariamente por equipes da Seinfra, podem ser solicitados pela população por meio do telefone 0800-031-1530 e pelas redes sociais, por meio do e-mail [email protected]

 

A Operação Tapa-buraco beneficia todos os bairros da cidade, onde equipes de manutenção trabalham diariamente na restauração do pavimento em PMF, paralelepípedo convencional e bripar. São diversas equipes com mais de 100 homens mobilizados na execução dos trabalhos.

 

A programação da Seinfra dá prioridade às vias que fazem parte da rota dos transportes coletivos e aquelas que concentram grande volume de tráfego, embora todas as ruas sejam contempladas.

 

Fonte: Secom PMJP


6 de julho de 2020
parque_parahyba_joao_pessoa-1280x720.jpg

2min114

A anúncio da abertura do processo de licitação para a obra do Parque Linear Parahyba III foi recebido com alegria por moradores da região do Bessa. Ao todo, o projeto deste parque é formado por quatro etapas, sendo que duas já estão em pleno funcionamento. Dema Macedo, membro do Comitê Parque Parahyba e um dos principais incentivadores do projeto, comemorou:

 

 Parque Parahyba II é um dos principais locais de lazer da cidade

 

“Ficamos muito felizes em relação a continuidade da obra, já que são quatro etapas de acordo com o projeto. A partir daí já é seguir na luta para finalizar o projeto da 4ª etapa, que vai ser construída próximo ao condomínio Val Paraíso”, destacou Dema.

 

O Parque Linear Parahyba III será construído em frente ao Parque I, nas imediações da Igreja Mãe Rainha e foi possível a partir de uma emenda parlamentar do senador Veneziano Vital do Rego que liberou uma quantia de pouco mais de R$ 2,3 milhões do Governo Federal com uma contrapartida do Governo do Estado do valor restante. Ainda de acordo com Dema Macedo, a expectativa é que as obras tenham início já no mês de agosto. E o compromisso com o desenvolvimento do bairro não deve ficar por aí:

 

“Estamos na luta também para que a área onde hoje funciona o aeroclube se torne um Ecoparque. Estamos há muitos anos enfrentando esse desafio para que a comunidade da região possa ter acesso a uma melhor qualidade de vida”, finalizou.

 


6 de julho de 2020
capa-parque-parahyba.jpg

2min72

O Governo do Estado anunciou na manhã de hoje a abertura do processo licitatório para a construção do Parque Linear Parahyba III, no Bairro do Bessa, em João Pessoa. O anúncio foi feito durante uma live do Governador João Azevedo transmitida através das redes sociais.

 

Além do Parque Parahyba, o João Azevedo anunciou a retomadas das obras públicas no Estado, bem como confirmou o início de várias outras.

 

O Parque Linear Parahyba transformou as áreas nos entornos do canal que corta os bairros Aeroclube, Jardim Oceania e Bessa. A área tem cerca de 150 mil metros quadrados, em parques com equipamentos de lazer, jogos de mesa; espaço para atividades físicas com cães; brinquedos educativos; jardim sensorial e infraestrutura para prática de exercícios físicos, incluindo pistas de caminhada e ciclismo.

 

Ainda não há previsão para início das obras.


6 de julho de 2020
alagamento.jpg

1min97

Com as chuvas que têm caído em João Pessoa, alguns locais estão enfrentando dificuldades como alagamentos. É o caso da Rua Francisco Leocádio Ribeiro Coutinho no trecho que fica na junção com a Rua Luís Edir Queiroz Marinho. O vídeo abaixo mostra o tamanho do problema.

 

Quando a Rua Luís Edir Queiroz Marinho foi calçada, não foi realizado serviço de drenagem. Com isso, sempre que chove, a água acumula, já que não tem para onde escorrer.

 

O problema aumentou nos últimos dias, já que os veículos que trafegam na Principal, usavam a faixa da esquerda. Contudo, um buraco abriu justamente neste local, obrigando os motoristas a passar pela faixa da direita, onde está o alagamento.

 

Nós tentamos entrar em contato com a Secretaria de Infra Estrutura, mas até agora não houve retorno. Iremos atualizar esta matéria assim que tivermos uma resposta.


26 de junho de 2020
prefeito.jpeg

5min33

Na próxima segunda-feira (29), João Pessoa entra em uma nova fase do Plano Estratégico de Flexibilização. Seguindo protocolos que buscam assegurar mais proteção contra à Covid-19, voltam a funcionar escritórios de profissionais liberais, como advogados, contadores e arquitetos, além dos treinos para atletas profissionais. Lojas de materiais de construção, que só funcionavam por delivery e drive thru, também poderão reabrir de acordo com regras de proteção sanitária. O transporte público volta a circular na Capital na segunda-feira, dia 6 de julho, quando será concluída a etapa preparatória, a exemplo da imunização contra a gripe e testagem do novo coronavírus para todos os profissionais de transporte. O anúncio foi feito pelo prefeito Luciano Cartaxo, nesta sexta-feira (26), que apresentou avaliações técnicas e científicas que permitiram que a Capital avançasse para a segunda etapa do Plano.

 

De acordo com os estudos da Secretaria Municipal de Saúde, que segue protocolos da Organização Mundial de Saúde (OMS), João Pessoa segue com queda na taxa de ocupação de leitos de UTI, em relação aos últimos 15 dias, o que aponta para uma redução no número de pacientes graves. A pressão hospitalar nas UPAs Covid-19 também vem apresentado queda, acompanhada pela diminuição na média diária de óbitos da doença. “Os números apontam que podemos avançar para o passo seguinte, mas precisamos seguir vigilantes. Não podemos baixar a guarda. O isolamento social segue decisivo para seguirmos salvando vidas. Por isso, toda esta retomada vem sendo norteada por medidas de segurança que nos permitam avançar para os passos seguintes”, explicou o prefeito Luciano Cartaxo.

 

Com a nova etapa de flexibilização, as lojas de material de construção poderão funcionar com a permanência simultânea de um cliente a cada 10m² de área do estabelecimento, a fim de evitar aglomeração de pessoas, priorizando os serviços de delivery ou drive-thru, caso realizem. Os profissionais liberais podem regressar suas atividades respeitando o distanciamento de 1,5m e priorizando reuniões remotas ou previamente agendadas, mas sem aglomeração. Atletas profissionais dos times de João Pessoa serão testados para a Covid-19 pelas equipes de saúde da Prefeitura da Capital e podem retomar a etapa de treinos, observando as medidas de prevenção. Já as atividades religiosas seguem liberadas com 30% da capacidade das igrejas, mantendo os critérios da primeira fase.

 

O transporte público será reaberto dentro de uma semana, depois da etapa preparatória que prevê a vacinação de motoristas e cobradores, junto com testes do novo coronavírus. Outra medida adotada será a higienização de veículos, terminais e paradas de ônibus com maior fluxo de pessoas. As ações preventivas foram acordadas com o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano (Sintur). Ao longo desta semana, os coletivos seguem funcionando apenas para o deslocamento dos profissionais de saúde, como já vem ocorrendo.

 

Planejamento estratégico – A Prefeitura de João Pessoa informou que a reabertura gradual se dará em quatro fases. A data da terceira etapa do Plano de Flexibilização está prevista para o dia 13 de julho, sempre a partir da análise de critérios epidemiológicos de controle da doença. Na primeira fase foram liberados setores econômicos como a construção civil, concessionárias, revendas e locadoras de veículos, além de salões de beleza, desde que o atendimento seja feito com hora marcada. Bares, restaurantes, shoppings, centros comerciais e estabelecimentos de varejo podem funcionar por delivery e drive thru.

 

Divulgação


26 de junho de 2020
nibus-2-1280x853.jpg

1min33

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa (Sintur-JP) realiza a partir desta sexta-fe4ira, 26, até o próximo domingo a testagem dos funcionários do sistema de transporte público de João Pessoa. Além disso, eles receberão a vacina de H1N1. A medida tem o objetivo de preparar o setor para a retomada das atividades.

 

A liberação do transporte público está previsto para a segunda fase do planejamento proposto pela prefeitura de João Pessoa.

 

“Definimos um protocolo para garantir a segurança e prevenir o contágio do coronavírus nos ônibus. A vacinação para H1N1 e o teste para Covid-19 é mais uma etapa da nossa preparação para o retorno das atividades. Estamos prontos para voltar a operar”, afirmou o diretor institucional do Sintur-JP, Isaac Junior Moreira.


25 de junho de 2020
onibus.png

3min42

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, se reuniu, na tarde desta segunda-feira (22), com o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano (Sintur) para receber e avaliar as estratégias para formulação do protocolo de retomada das atividades do transporte público de passageiros na Capital. O diálogo se faz necessário em virtude das ações de prevenção e combate à pandemia do novo coronavírus que a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) está adotando para que a cidade volte gradualmente à nova normalidade. O retorno da circulação dos ônibus está previsto para a segunda fase do plano de flexibilização.

 

“Recebemos todo o material proposto pelo setor de transportes com relação às novas normas, ao protocolo que está sendo sugerido. A Prefeitura tem feito esse acompanhamento passo a passo para que possamos fazer o retorno seguro e sem jogar fora todo o esforço que foi feito não só pela nossa gestão, mas também pelo povo de nossa cidade. Nossa ideia é dar passos seguros que garantam a preservação da vida e saúde de nosso povo”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

 

Segundo o prefeito, a Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob) irá avaliar as propostas do setor e alinhá-las às normas de segurança estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e aos protocolos estabelecidos na Capital pela Secretaria de Saúde (SMS), feitos por médicos e sanitaristas. Todas as ações a serem adotadas no retorno da circulação dos ônibus, assim como de outros setores, se dará mediante análise de avaliação de risco.

 

Desde o mês de março, o transporte público teve as atividades paralisadas dentre as ações adotadas para evitar aglomerações e os ônibus passaram a circular apenas para o transporte de profissionais e trabalhadores da área da saúde, que estão na linha de frente das ações de combate à pandemia. Durante todo este período, o distanciamento social segue como a principal medida para conter a propagação da Covid-19. Mesmo com o início do Plano Estratégico de Flexibilização, a orientação para que as pessoas permaneçam em casa e só saiam em caso de necessidade, segue como válida. No espaço público, o uso de máscara também segue como obrigatório.

 

Fonte: PMJP


20 de junho de 2020
fogueira.jpg

1min36

O Diário Oficial deste sábado, 20, publicou a lei sancionada pelo Governador do Estado que proíbe o acendimento de fogueiras nas áreas urbanas nesta época de pandemia. A multa para quem descumprir, pode passar dos R$ 500,00.

 

A lei é de autoria do deputado Adriano Galdino (PSB) e já está em vigor a partir deste sábado, 20. O valor da multa pode dobrar em caso de reincidência.

 

A medida é baseada em relatórios médicos que apontam que a fumaça gerada pelas fogueiras pode agravar o sistema respiratório de pessoas contaminadas com a Covid-19, já que é uma doença que atinge justamente esta área.


19 de junho de 2020
cidade_viva.jpeg

2min40

Com a autorização de retomar as celebrações religiosas presenciais em João Pessoa, as igrejas começaram a se organizar para receber os fiéis a partir deste fim de semana. Um exemplo é a Cidade Viva, localizada no Aeroclube. Esta semana, foram divulgadas algumas regras e orientações para quem quiser participar das celebrações:

  • Para ter acesso aos cultos presenciais, é necessário fazer inscrição no Sympla da respectiva igreja;
  • Haverá checagem de temperatura de todos na recepção. Pessoas com temperatura acima de 37,5 não poderão participar das celebrações;
  • Não será permitida a entrada de crianças. A Rede Kids (crianças), Rede Jump (pré-adolescentes) e Rede Livre (adolescentes), permanecem com as atividades suspensas;
  • É obrigatório o uso de máscaras faciais e a higienização das mãos. Teremos dispensadores de álcool em gel nas entradas das igrejas;
  • A posição das cadeiras nos salões/auditórios já estão previamente demarcadas cumprindo o distanciamento de 1,5 m por pessoa;
  • Pessoas pertencentes a grupos de risco e/ou com sintomas gripais deverão permanecer em casa.

 

A Cidade Viva comunicou ainda que as celebrações continuarão sendo transmitidas pela Internet nos canais oficiais.