10. julho 2020

Globo é acusada de ‘fraude’ em série médica no ‘Jornal Nacional’

Há alguns dias o ‘Jornal Nacional’ estreou uma série que traz depoimentos de médicos e profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate ao coronavírus no país.

Eis que o depoimento de uma médica, exibido nesta sexta-feira (22) no noticiário da Globo, vem sendo apontado por internautas e autoridades como ‘fraude’ e ‘mentiroso’.

Nele, a médica Laíze, de Paraíba do Sul, relata ao ‘JN’ a situação de colapso do sistema de saúde em que trabalha. Ela fala da perda de pacientes, falta de material de proteção e o sofrimento dos profissionais de saúde da região.

No entanto, logo após a exibição da matéria, a Prefeitura de Paraíba do Sul tratou de desmentir publicamente a médica.

Em nota, oficial, o Hospital identificado na série como onde a médica atua e a prefeitura local dizem que o relato da profissional não corresponde a verdade . O comunicado também diz que esse tipo de depoimento só produz transtornos.

“O HOSPITAL NOSSA SENHORA DA PIEDADE esclarece à população Sul Paraibana que a médica Laize não pertence ao quadro médico do HNSP, assim como seu depoimento veiculado no Jornal Nacional não corresponde à verdade. ⁣


“O HNSP com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde, na pessoa de médico infectologista contratado pela Prefeitura, implantou Protocolos de última geração, que tem apresentado sucesso absoluto, não tendo sido identificada qualquer contaminação de profissionais de Saúde, apesar de vários atendimentos a pacientes contaminados. Da mesma forma, o fornecimento de EPI a todos os profissionais da saúde é normal, desde as primeiras notícias de disseminação do vírus, antes mesmo da confirmação dos casos. O fornecimento de EPI é a partir de apoio do governo municipal, que NUNCA faltou. ⁣
⁣Depoimentos deste tipo só resultam em transtornos às pessoas envolvidas no combate à epidemia na cidade. Uma lástima, uma inverdade que condenamos. ⁣”, diz o comunicado oficial assinado por Cristóvão Rocha.

Logo após o comunicado, a médica e o ‘Jornal Nacional’ passaram a ser alvo de uma chuva de ataques e críticas nas redes sociais.

“Fraude. Isso é fraude. Como o ‘JN’ pode exibir um depoimento mentiroso desses?”, postou um internauta.

“Querem deixar as pessoas mais em pânico do que estão? Para que servem essas mentiras?”, comentou outro.

“A própria médica desmentiu a falta de equipamentos. O que a Globo quer como isso? Como vou acreditar nos outros depoimentos?”, questionou uma internauta.

O fato é que a Laíze tratou de gravar um novo depoimento, nas redes sociais, dizendo que realmente não fazia parte do corpo de médicos do hospital de Paraíba do Sul, e que ao dar a entrevista tinham pedido apenas para falar de uma forma mais generalizada . Ela ainda negou que sofresse de falta de equipamentos de proteção.

Procurada, a Globo ainda não se manifestou sobre assunto até então.

 

R7