10. julho 2020

Procon-JP dá dicas de compra segura ao consumidor que vai presentear no Dia dos Namorados

Compras online e por telefone são as opções disponíveis para aqueles que buscam presentes

Apesar do momento de isolamento social causado pela pandemia do Coronavírus, algumas datas não deixam de ser comemoradas, inclusive com troca de presentes, a exemplo do Dia dos Namorados, festejado no próximo dia 12. Atualmente, as compras online e por telefone são as opções disponíveis e a Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) está divulgando dicas e orientações para o consumidor ficar mais atento nessas modalidades de transação.

Para uma compra segura, o Procon-JP alerta ao consumidor para não cometer enganos, tomando precauções para evitar problemas futuros. Como o volume de compras através da internet tem aumentado significativamente nesse período de isolamento social, a primeira dica é que não se deve deixar para fazer a compra na última hora para evitar atrasos na entrega.

Com o comércio físico fechado, o consumidor também pode adquirir produtos pelo telefone, utilizando aquelas empresas que disponibilizam a compra por agendamento, podendo receber o artigo na própria loja. “Esta é uma época em que esses canais têm muita demanda, por isso é importante realizar os pedidos com antecedência”, orienta a secretária Maristela Viana.

A secretária ainda aconselha: “Para evitar problemas com trocas e devoluções, o ideal é o que o consumidor veja o que o presenteado deseja ou está precisando. É importante ficar atento quando se trata de roupas e calçados para não precisar trocar depois, prestando atenção à numeração e às cores preferidas. Em um momento atípico como esse, acho que devemos abrir mão da surpresa para que estresses, a exemplo de trocas, sejam evitados”.

Arrependimento – Em relação às compras pela internet, Maristela Viana acrescenta que os prazos são diferenciados: “De acordo com a legislação, o consumidor que adquire produtos em sites de compras tem o direito de arrependimento, podendo devolver o produto dentro do prazo de sete dias a partir do recebimento, solicitando o reembolso do pagamento em valores atualizados”.

Data de entrega – Ela chama a atenção, também, para se ficar atento para a data agendada da entrega do produto. “Em caso de demora excessiva, é importante fazer contato com a empresa e, não resolvendo o problema, procurar os órgãos de defesa do consumidor. Lembro, ainda, que todo contato consumidor/fornecedor deve gerar um protocolo de atendimento”, informa secretária.

Defeito – Maristela Viana também aconselha que, em caso de defeito do produto, o consumidor deve fazer, primeiramente, o contato com a assistência técnica, que tem um prazo de 30 dias para o conserto ou troca. “Após esse prazo sem uma solução, o consumidor deve procurar o Procon-JP através do instagram @proconjp ou pelos telefones 0800 083 2015 e 3218-5720 para que se tomem as medidas asseguradas em lei”.

 

Paraibatotal