02. março 2021

Arquivos bessa - Bessa News

1 de fevereiro de 2021
roedores.jpg

2min63

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Divisão de Vigilância Ambiental, realiza nesta terça (2) e quarta-feira (3), uma ação de prevenção à proliferação de roedores em toda extensão da faixa de areia da orla da Capital. A atividade terá início às 6h, no final da praia do Bessa e tem o objetivo de combater a presença dos roedores causadores de doenças para a população.

 

Durante a atividade, cerca de 20 agentes de controle de endemias, especializados em roedores, estarão fazendo uma busca por tocas, ninheiras e possíveis abrigos e, realizando a aplicação de raticidas. A ação acontecerá desde o final da orla do Bessa até a praia da Penha, por toda a faixa de areia e calçadão, principalmente na saída de galerias pluviais, que acabam servindo de abrigos.

 

“O que pudemos observar é que as pessoas, devido à pandemia, passaram a frequentar mais as praias levando comidas, como uma alternativa aos bares e restaurantes, com isso, o descarte incorreto do lixo e resto de alimentos, além de sujar nossas praias está favorecendo a proliferação de ratos e outros roedores”, explica o chefe de Vigilância Ambiental, Nilton Guedes. Ele ainda faz um apelo para que a população contribua com a limpeza das praias, descartando os resíduos no local correto. “Além da nossa ação, com aplicação de raticidas, também é preciso que as pessoas retornem a consciência de preservar o meio ambiente”, frisou.

 

Nilton Guedes lembrou ainda que esse tipo de ação já faz parte do calendário de atividades da Divisão de Vigilância Ambiental, acontecendo sempre no mês de março. Mas, mas este ano, o trabalho precisou ser antecipado devido ao surgimento de roedores nesse começo de ano.


1 de fevereiro de 2021
iptu.jpg

3min43

Sem precisar sair de casa e nem aguardar a entrega das guias do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e da Taxa de Coleta de Resíduos (TCR) que começaram a ser entregues pelos Correios nesta segunda (1), os contribuintes de João Pessoa podem antecipar o pagamento dos tributos emitindo as guias no Portal do Contribuinte. Através do endereço joaopessoa.pb.gov.br/pc/ é possível imprimir as guias e escolher a melhor opção de pagamento.

 

No Portal do Contribuinte, o cidadão deve informar o número de inscrição do imóvel ou a localização cartográfica (estes dados podem ser verificados em carnês de anos anteriores) para ter acesso às informações dos tributos. Com isso, o contribuinte definirá se quer pagar em cota única, que concede desconto de 15% no valor e tem vencimento no dia 8 de março, se quer pagar o total do exercício em cota única, porém sem desconto, mas com vencimento apenas em 8 de abril ou se prefere parcelar em até 10 vezes.

 

Os valores lançados de IPTU para o exercício de 2021 totalizam R$ 150.424.376,00. Caso todos os contribuintes optem pelo pagamento em cota única, ou seja, com 15% de desconto, a previsão de arrecadação do exercício é de R$ 127.860.719,00. Já da TCR, o valor lançado é de R$ 53.562.269,00 e de R$ 45.527.928,00 com desconto de 15% em cota única. De acordo com o secretário Executivo da Receita, Sebastião Feitosa, não houve aumento das taxas, houve apenas um ajuste de 4,31% considerando o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado nos meses de novembro de 2019 a novembro de 2020.

 

Conforme as datas estabelecidas pela Secretaria da Fazenda, o calendário de pagamentos fica da seguinte forma:

 

CALENDÁRIO DE VENCIMENTOS DOS PAGAMENTOS:

08/03 – Cota Única com desconto;

08/04 – Total do exercício sem desconto;

 

Parcelamento em 10 vezes, com vencimentos em:

1ª parcela: 08/03;

2ª parcela: 08/04;

3ª parcela: 07/05;

4ª parcela: 08/06;

5ª parcela: 08/07;

6ª parcela: 10/08;

7ª parcela: 08/09;

8ª parcela: 08/10;

9ª parcela: 08/11;

10ª parcela: 07/12.


1 de fevereiro de 2021
paredao.jpg

3min42

Vinte e dois autos de infração foram aplicados, duas motos apreendidas, nove equipamentos amplificadores de som (caixas acústica, caixas portáteis e som estilo ‘Paredão’), além da aplicação de duas notificações por falta de Licença Ambiental e um Termo de Apresentação de um som (paredão). Este foi o saldo da ‘Operação João Pessoa Segura’, realizada no último final de semana em algumas praças e orla da Capital.

 

A ação, idealizada pela Segurança Urbana e Cidadania (Semusb), foi  deflagrada na madrugada do último dia 31 e visa coibir práticas criminosas, além de fiscalizar e combater aglomerações. O intuito da operação é promover o bem-estar da população, fazendo com que as pessoas se sintam seguras nas praças e orla da Capital.

 

Foram alvos da operação: Praça da Paz, nos Bancários, Zona Sul, além das orlas de Manaíra e Bessa. A Praça da Paz e uma conveniência em Manaíra foram os locais mais preocupantes, onde os decretos municipais e estaduais foram descumpridos, desde o horário de funcionamento dos estabelecimentos até a aglomeração de pessoas, perturbação do sossego, além da falta do distanciamento social e uso de máscaras.

 

Esse foi o terceiro fim de semana da Operação João Pessoa Segura. O secretário de Segurança Urbana e Cidadania, João Almeida, ressaltou o fator surpresa da ação. “A sociedade cobrou nossa presença para evitar esses problemas que estão acontecendo nas praças e orla da cidade. Planejamos a ação estratégica em sigilo e usamos o fator surpresa ao nosso favor. ”, concluiu o secretário.

 

Além dos agentes da Semusb, participaram da Operação, agentes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) e da Secretaria do Meio Ambiente (Semam) e Polícia Militar. “A operação foi um sucesso, a Semob ofereceu suporte técnico e garantiu a fluidez do trânsito durante toda a ação”, explicou o Superintendente da Semob, George Morais.

 

Para o secretário de Meio Ambiente (Semam) Welison de Araújo Silveira, lembrou a importância do trabalho integrado. “São ações que têm um caráter educativo e também punitivo para quem insiste em descumprir a legislação ambiental. A Praça da Paz, nos Bancários, é uma área mista, com empreendimentos comerciais e residenciais. É preciso ter limites em relação à aglomeração de pessoas e respeito, sobretudo, aos limites de barulho que pode ser produzido na área”, concluiu.


1 de fevereiro de 2021
vacina_de_oxford_astrazeneca_2701214157_1.jpg

2min54

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), lançou um site de cadastro para a população sobre a vacina contra a Covid-19. O Vacina PB tem o intuito de notificar o cidadão quando iniciar a vacinação para o seu grupo. Nesta fase, é importante que os idosos sejam todos cadastrados na plataforma.

 

De acordo com a secretaria executiva da Saúde, Renata Nóbrega, a partir do cadastro no site, cada município vai conseguir ter acesso às pessoas que se inscreveram se colocando como público alvo da vacinação. “O objetivo é que cada Secretaria de Saúde faça a avaliação desse banco de dados para convocar a população alvo de cada fase quando chegar o período da sua vacinação”, explica.

 

Ao notificar a fase de vacinação que já começou, a plataforma também irá informar ao usuário que ele deve procurar uma das mil salas de vacinação em todo estado, a mais próxima de sua residência. O sistema foi desenvolvido pela SES e pelo Núcleo de Tecnologia Estratégicas em Saúde (NUTES) da UEPB. O site para se cadastrar é o vacinapb.saude.pb.gov.br.

 

Também está disponível no ambiente virtual um painel de vacinação, espaço dedicado a informações sobre a vacinação contra a Covid-19. No site, o usuário poderá tirar suas dúvidas na seção de Perguntas Frequentes e acompanhar o Plano Estadual de Vacinação. Além disso, também está disponível um painel de acompanhamento de distribuição das vacinas e a informação sobre as doses que já foram aplicadas na Paraíba.


15 de dezembro de 2020
dema-macedo.jpeg

2min118

Um trabalho de conscientização e cuidado com a natureza. É assim que o presidente do Comitê Parque Parahyba, Dema Macedo, define a promessa e o compromisso e plantar mil árvores em João Pessoa, como forma de agradecimento pelos votos obtidos durante a última campanha eleitoral. Dema obteve quase mil votos e não conseguiu uma vaga na Câmara dos Vereadores de João Pessoa.

 

Nesta semana, ele participou do plantio de mais 20 árvores e explicou o que motivou a iniciativa:

 

“Ainda como pré-candidato, decidi fazer uma campanha de olho no meio ambiente, de maneira sustentável. Um exemplo foi que o tempo inteiro mantivemos os cuidados de distanciamento social, com campanha nas redes sociais, seguindo as recomendações das autoridades de saúde. Começamos plantando árvores e terminamos da mesma forma. Assumi esse compromisso de plantar mil árvores em parques e áreas públicas de João Pessoa”, falou.

 

De acordo com Dema, algumas dessas mudas serão doadas a pessoas para que elas plantem em diversos locais, seguindo orientações dos órgãos responsáveis sobre o tipo de árvore indicada para cada local. Em torno de 500 mudas ao todo devem ser plantadas nos bairros do Bessa, Aeroclube e Jardim Oceania.

 

“Fizemos uma campanha limpa, de olho no cuidado com o meio ambiente. Tivem0os uma votação expressiva pincipalmente dentro do bairro do Bessa e é preciso manter esse compromisso. Um trabalho que já é feito dentro da comunidade. Só assim, com engajamento de todos, podemos conseguir qualidade de vida”, acrescentou.

 


1 de dezembro de 2020
WhatsApp-Image-2019-12-07-at-19.38.58-3.jpeg

1min210

Neste sábado, 05, o Parque Parahyba I recebe uma ação social com realização de serviços de saúde e educação física, além de realização de atividades para as pessoas que frequentam o local. Os serviços devem ter início a partir das 16h, horário em que o movimento de pessoas no parque é alto.

 

A ação será realizada pela Uninassau em parceria com o Comitê Parque Parahyba e acontece próximo às quadras de areia. Estudantes e professores da faculdade irão fazer ainda um trabalho de conscientização para prevenção da Covi-19, com distribuição de máscaras e panfletos com orientações sobre como evitar a doença.

 

 


30 de novembro de 2020
WhatsApp-Image-2020-11-30-at-10.00.57.jpeg

1min238

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, entrega às 18h desta segunda-feira (30) na Rua Temístocles da Costa, no bairro Jardim Oceania, a nova Praça Desembargador Osias Nacre Gomes, chegando à marca de 66 equipamentos públicos de lazer entregues na Capital paraibana desde 2013.

 

A nova Praça é repleta de diferenciais como 2 quadras de areia para beach tênis e vôlei, playground acessível, quadra poliesportiva com arquibancada e uma fonte interativa que encantará todas as gerações. O investimento foi de mais de R$ 1,7 milhão para a construção do novo equipamento que conta também com iluminação em LED, rampas acessíveis e piso tátil.


20 de novembro de 2020
centro-administrativo-JP-ascom.jpg

2min250

Em cumprimento a acordo judicial, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) publica, na manhã desta sexta-feira (20), novo decreto suspendendo, em toda a Capital, as aulas nas instituições de ensino superior, escolas de ensino médio e cursos livres, a partir da próxima quarta-feira (25). A medida, fruto do acordo firmado junto ao Ministério Público Federal (MPF) em audiência de conciliação, revoga o decreto n° 9.585, de outubro deste ano, que autorizava o retorno às aulas presenciais dentro do Plano Estratégico de Flexibilização em virtude da pandemia do novo coronavírus.

 

O pedido de suspensão das atividades foi feito pelo MPF e Ministério Público do Trabalho (MPF). A decisão do acordo considerou as informações prestadas pelos representantes das secretarias de Saúde Estadual e Municipal de João Pessoa e do Conselho Regional de Medicina (CRM), que constataram uma alta no número de casos de covid-19 na última semana epidemiológica. As atividades educacionais envolvendo concentração de alunos em ambiente fechado têm alto risco de propagação do coronavírus, e são consideradas como um dos fatores causadores das novas ondas de disseminação da doença em outros países.


17 de novembro de 2020
WhatsApp-Image-2020-03-12-at-15.03.12.jpeg

1min213

Um funcionário da Emlur foi vítima de agressão nesta terça-feira, 17, no Parque Parahyba II no bairro do Bessa. De acordo com o rapaz que foi agredido, ele estava trabalhando na limpeza do parque quando um veículo na cor preta parou ao lado e uma pessoa que estava dentro do carro o chamou.

 

Ao se aproximar, ele foi esfaqueado do lado do peito. Logo em seguida, a vítima foi encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde passou por atendimentos médicos de emergência e o estado de saúde é estável.

 

O caso foi repassado para a Polícia Civil realizar a investigação e ir em busca do suspeito de cometer o crime.


3 de novembro de 2020
henry-freitas-show-na-praia.jpg

4min189

O cantor Henry Freitas reuniu uma plateia de dezenas de pessoas em um show improvisado na praia do Bessa, em João Pessoa, na tarde e noite da segunda-feira (2). Nas imagens da apresentação, é possível ver as pessoas se aglomerando ao redor do cantor, sem máscaras, contrariando as recomendações de segurança contra à Covid-19 e desrespeitando os decretos da Prefeitura de João Pessoa.

“Do nada apareci na praia em João Pessoa com meu irmão @nathanreuel e olha como fui recebido”, diz o artista na postagem em que mostra ele cantando com as pessoas sem máscaras.

Também na mesma rede social, o artista postou um vídeo onde contou como o show aconteceu. “Do nada a gente saiu para comer um peixe, chegou um amigo nosso que estava com uma caixinha, pegamos o microfone do Fullano mesmo, que o pessoal emprestou para a gente. Começou a gente cantando na mesa, sonzinho baixo, de repente começou a se juntar muitas pessoas e a gente fez meio que um show ali, com toda segurança. Os seguranças estavam lá e não aconteceu nada com ninguém”, contou o cantor.

O show contraria os decretos mais recentes publicados pela prefeitura. O acesso às praias foi liberado, entretanto, o artigo da liberação explica que deve-se manter o distanciamento mínimo entre pessoas de 1,5 m. Além de manter o distanciamento mínimo, também foi incluído um artigo que diz que permanece obrigatório, em todo o município de João Pessoa, o uso de máscaras, sendo compulsório o uso na orla ou na faixa de areia, somente sendo permitida a retirada para alimentação e momento de banho.

“As praias estão liberas (sic) já fazem um tempo. Isso foi totalmente espontâneo e rápido. Infelizmente não estamos podendo trabalhar ainda, mais tudo foi feito com o maior cuidado do mundo”, disse o cantor em resposta a uma fã que questionou a aglomeração.

O Procon municipal de João Pessoa (Procon-JP) informou que até as 10h30 desta terça-feira (3), não havia recebido denúncias sobre o evento, mas que ia investigar.